Arquivo da tag: filmes de drama

Last Week Plays: Batman: The Killing Joke e muito mais!

Olá pessoal!

A semana que passou foi recheada de “plays” bacanas pois estive de férias do trabalho e da faculdade também… porém eu estava gripada e não tive muitas outras opções de lazer do que o combo de cobertas + filmes! Vou fazer um resumão por cima dos filmes que assisti e algumas outras coisinhas que deixei para compartilhar com vocês 😉

  • Filmes assistidos:
batman
Sinopse: “Um dia ruim. É apenas isso que separa o homem são da loucura. Pelo menos segundo o Coringa, um dos maiores e mais conhecidos vilões dos quadrinhos. E ele quer provar seu ponto de vista enlouquecendo ninguém menos que o maior aliado de seu grande inimigo: o comissário Gordon. Cabe ao Cavaleiro das Trevas impedi-lo.”

Opinião/Críticas: Assim que saiu o trailer dessa animação, eu já fiquei super ansiosa com a volta do Batman – sem ser o Ben Affleck (haha). Pelas minhas pesquisas, esse HQ é bem famoso e se destaca da história do Batman e não e por menos: a trama é muito bacana! Adorei ver a Batgirl lutando, com muita garra e sede de justiça e secretamente apaixonada por Bruce Wayne. O final deixou um certo vazio em mim, preciso admitir isso a vocês. Queria saber se no HQ acontece da mesma maneira, pois nessa adaptação ficou um pouco bizarro. (Se você que está lendo esse post já leu essa HQ deixa seu comentário e me conta se os finais de ambos são similares). No geral tive uma experiência bem positiva 🙂

Nota: nota 9

PicMonkey Image
Sinopse: “Após a conclusão de Uma Noite de Crime 2, o policial Barnes (Frank Grillo) se tornou o principal responsável pela segurança da senadora Charlene Roan (Elizabeth Mitchell). Em plena época de eleições, ela é uma das melhores posicionadas nas pesquisas, porque deseja eliminar de uma vez por todas a noite de crime. Mas seus planos não saem como esperado.”

Opinião/Críticas: Se você (assim como eu) já assistiu os outros filmes dessa trilogia porém quando viu a tradução do nome do filme para o português exclamou um grande WTF?? – estamos juntos nessa, amigo. Em um grande resumo posso dizer que adoro as máscaras que as pessoas usam na noite do expurgo e só isso. Nenhuma emoção além do que já imaginava e os mocinhos conseguiram executar seus planos do bem, como na grande maioria das vezes né. Eu curti bastante o primeiro filme mais o 2 e 3 caíram do conceito. Uma mistura de terror, ação e ficção científica de 2016.

Nota: nota 4

star
Sinopse: “O imperador está supervisionando a construção de uma nova Estrela da Morte. Enquanto isso, Luke Skywalker liberta Han Solo e Princesa Leia das mãos de Jaba, o pior bandido das galáxias. Luke só se tornará um cavaleiro jedi quando destruir Darth Vader, que ainda pretende atraí-lo para o lado negro da Força. No entanto, a luta entre os dois vai revelar um inesperado segredo.”

Opiniões/Críticas: Finalizei os filmes da saga Star Wars – agora resta assistir o novo – e posso dizer que fiquei bem feliz em investir meu tempo com essa história. Os meus preferidos são os três primeiros, da nova geração pelo motivo de que o Anakin era o meu personagem favorito… e eu gostava do jedis também. Quando assisti o 4 notei a grande diferença dos anos e da tecnologia e foi bem chocante passar por isso, pois nunca tinha acompanhado algo assim antes. Esse último filme é um tanto cansativo no decorrer da trama, pois quase não tem muitos diálogos, nem história, só tem a tentativa de entrar e destruir a nova construção da Estrela da Morte basicamente. Porém o final me deixou tão feliz, principalmente porque eu estava certa sobre os sentimentos que Darth Vader ainda possuia e que o Anakin faz uma pequena participação pra fechar com chave de ouro <3 Ano: 1983/ Gênero: Fantasia, Aventura e Ação.

Nota: nota 9

tomates
Sinopse: “Evelyn Couch (Kathy Bates) é uma dona de casa emocionalmente reprimida, que habitualmente afoga suas mágoas comendo doces. Ed (Gailard Srtain), o marido dela, quase não nota a existência de Evelyn. Toda semana eles vão visitar uma tia em um hospital, mas a parente nunca permite que Evelyn entre no seu quarto. Em uma ocasião, enquanto ela espera que Ed termine sua visita, Evelyn conhece Ninny Threadgoode (Jessica Tandy), uma debilitada, mas gentil senhora de 83 anos, que ama contar histórias. Através das semanas, ela faz relatos que estão centrados em duas jovens, Idgie (Mary Stuart Masterson) e Ruth Jamison (Mary-Louise Parker), que provocam a ira dos cidadãos menos tolerantes de Whistle Stop. Mas elas fazem um tomate frito que é conhecido como uma iguaria por todos da região. Assim, cativam até os mais hostis, como também a senhora Evelyn Couch, que ouve a história e a partir de então resolve mudar algumas coisas em sua vida.”

Opiniões/Críticas: Não sei porque demorei tanto para assistir esse filme! É uma coisa tão graciosa, que nem sei explicar 😀 A gente sabe muito bem e convive diariamente com a força poderosa e especial que são as amizades verdadeiras, aquelas que sabemos realmente que sempre vão nos apoiar, aconselhar, brigar quando necessário e fazer a nossa vida mais feliz e é sobre esse tipo de amizade que o filme “Tomates Verdes Fritos” se trata: companheirismo acima de preconceitos, problemas familiares, crenças e uma cidade com pessoas extremamente autoritárias e conservadoras.

Nota: nota 9

Sinopse: "O longa é centrado numa jovem garotinha, enviada para viver com seu pai e sua nova namorada, que acaba descobrindo sinistras criaturas que vivem embaixo das escadas na casa nova. Ela fica fascinada por elas, até que elas se provam perigosas. O pai, um autor frustrado pelas histórias da filha, não acredita nos tais monstros, nem depois que sua namorada passa a acreditar na garota."
Sinopse: “O longa é centrado numa jovem garotinha, enviada para viver com seu pai e sua nova namorada, que acaba descobrindo sinistras criaturas que vivem embaixo das escadas na casa nova. Ela fica fascinada por elas, até que elas se provam perigosas. O pai, um autor frustrado pelas histórias da filha, não acredita nos tais monstros, nem depois que sua namorada passa a acreditar na garota.”

Opiniões/Críticas: Obra do famoso autor Guillermo Del Toro traz uma mistura de fantasia e suspense, o que deixou uma grande frustração na maioria dos espectadores que assim como eu consideram que seja um terror infantil/juvenil. Como as criaturas da casa se alimentam de dentes de crianças, elas passam a aterrorizar todos pois precisam de alimento, mais o filme não consegue se tornar cativante, principalmente depois de revelada a face dos monstrinhos (que não metem medo algum). Talvez se uma criança assistir vai ficar com muito medo, pois tem umas partes que até eu me assustei, mais isso é só no início – depois torna-se cansativo e um tanto clichê.

Nota: nota 5

"Sinopse:

Opiniões/Críticas: Minha família curte muito o gênero Faroeste, então as vezes vocês vão encontrar esses filmes nas minhas resenhas, haha. Porém esse eu assisti com gosto pois conta com Christian Bale que é um dos meus atores favoritos <3 E o filme não decepcionou pois conta com uma trama cativante, que prende o espectador até o final – e chegando lá a gente tem uma surpresinha triste, mais tudo bem. Atuações muito boas e um cenário western clássico, Os Indomáveis fizeram meu domingo mais feliz 🙂

Nota: nota 8

  • Músicas que ficaram no play/repeat:

Vídeo extra com essa garota em imitações de 15 cantoras diferentes e ela arrebenta! Sério, assistam e vocês vão se surpreender, assim como eu:

  • Vou finalizar o post por aqui, que já ficou bem extenso né? Mais Débora, ninguém mandou você dar uma de louca e assistir tanto filme né queridinha, hahaha. O que vocês andam assistindo/escutando/lendo? Me contem nos comentários e se tiverem filmes para indicar manda também 😀

Beijão!