Wishbook.

Final do ano, natal, festas, presentes… Listas! Eu adoro fazer listas de tudo (coisas que preciso fazer, comprar, até pensar haha).
E ando desleixada com livros ultimamente, por trabalho e cansaço. Mas sempre estou fuçando atrás de novos nomes de livros e autores, e parece que a cada dia surgem coisas legais pra gente ler e interagir no mundo da leitura. Vou citar aqui os “mais mais” da minha lista no momento e vou deixar um link pra quem ficar interessado e quiser dar uma checada na história do livro (:

1. Apaixonada por Palavras – Paula Pimenta.
História e informações: Aqui!
capa

2. A Culpa é Das Estrelas – John Green.
História e informações: Aqui!
capa2

3. Laranja Mecânica – Anthony Burgess (esse não é novo não, hehe).
História e informações: Aqui!

capa3

4. Precisamos Falar Sobre o Kevin – Lionel Shriver. (Assisti o filme e achei incrível todas as atuações e o enredo).
História e informações: Aqui!

precisamos-falar-sobre-o-kevin-resenha-livro

5. Os Diários de Carrie – Candace Bushnell.
História e informações: Aqui!

Diarios

6. Zumbis x Unicórnios – Holly Black e Justine Labalastier.
História e informações: Aqui!

IMG_8408


beijos, DFG.

Este post foi escrito por: Débora Fernanda

Olá! Sou Débora Fernanda Gessner, tenho 24 anos, atualmente morando em Jaraguá do Sul, SC. Desde 2009 venho imaginando ter 7 vidas (felinas, de preferência) para poder falar sobre tudo que curto e que faz parte da minha personalidade.

Saga Crepúsculo – O Final.

Neste domingo que se passou fui até o cinema para conferir o filme: Amanhecer – Parte 2, o último da saga.
Desde o início, fui uma grande fã desse mundo que Stephenie Meyer criou, realmente ficava encantada com suas palavras, a precisão dos sentimentos… tudo era tão a flor da pele.
Sentia que queria conhecer um Edward na minha vida (ok, eu tinha 15 anos, haha). Até hoje aqueles 4 livros na minha coleção me chamam a atenção, pois influenciaram muito o período adolescente da minha vida.
Mas vamos para o filme: Teve a melhor história, porém os piores efeitos gráficos! Sério, ficava pensando: eles não queriam gastar nessa parte.


A Bella vampira ficou linda, porém todos conhecemos a atriz, Kristen Stewart então aquele estilo “vampira sensual” não combinou tanto assim com ela. O Edward e Jacob não estavam diferentes, tudo dentro do parâmetro da história. Porém, Reneesme chegou para causar com seus efeitos amadores. O que era aquele bebê com a cabeça maior que o resto do corpo? Parecia que estava assistindo a um desenho da Disney.
Nas partes finais que notei que ela não era mais computadorizada e ficou, digamos, mais normal.

 

Uma das coisas que mais me agradou foi ver os amigos da família chegando… e mostrando cada um de seus diferentes dons de vampiro. No livro foi uma parte que me deixou curiosa para ver a cara dos personagens e no filme fiquei satisfeita com o resultado. As irmãs da Amazônia (foto) eram realmente assustadoras.

 

A batalha foi a parte forte de toda a história dos filmes. Foi realmente a parte de ação, que todos se viram numa armadilha entre a vida e a morte… Na cena do Carlisle sendo decepado me deu um aperto no coração, fiquei pensando: “ele é bondoso demais para morrer desse jeito.” No final das contas, foi um alívio.

 

É isso. Acabou Crepúsculo, vampiros que brilham, garotas tolas se apaixonando por monstros, leituras de mente e visões do futuro… Agora é só esperar pelo próximo filme baseado no livro da Stephenie, que acredito eu, será ótimo: A Hospedeira.


beijos, DFG.

Este post foi escrito por: Débora Fernanda

Olá! Sou Débora Fernanda Gessner, tenho 24 anos, atualmente morando em Jaraguá do Sul, SC. Desde 2009 venho imaginando ter 7 vidas (felinas, de preferência) para poder falar sobre tudo que curto e que faz parte da minha personalidade.

Tudo tem seu início.

O banho do final do dia, sempre vem acompanhado de muitas coisas passando pela cabeça. O meu banho da noite de hoje não foi diferente: lá estava eu, espuma, shampoo e cheirinho de morango do meu sabonete preferido, me passou a ideia de “eu preciso ter um blog, preciso mostrar para as pessoas o que penso fazer de melhor, ou de pior.” Sei lá, essa vida é uma loucura e eu gosto de arriscar.

Espero que me acompanhem sempre e que consiga agradar você que lê este texto, de alguma maneira.

beijos, DFG.

Este post foi escrito por: Débora Fernanda

Olá! Sou Débora Fernanda Gessner, tenho 24 anos, atualmente morando em Jaraguá do Sul, SC. Desde 2009 venho imaginando ter 7 vidas (felinas, de preferência) para poder falar sobre tudo que curto e que faz parte da minha personalidade.